Política

Volta de Dutra joga pá de cal em projeto de Adelmo Soares e expulsa forasteiros de Paço

2 de março de 2020


Digna de uma série da Netflix, como El Chapo e House Of Cards, o atual cenário político de Paço do Lumiar traz uma mudança radical no tabuleiro, jogado pelo poder.

Assumindo interinamente a prefeitura em Agosto do ano passado, Paula da Pindoba tratou de se deixar titeritar por estrangeiros do Lume. Não que o titular desta página tenha algum resquício de xenofobia, não! Mas, sem ser segredo pra ninguém, Pindoba não tem “bagagem intelectual” para comandar o município. Logo, o luminense teve que ver pessoas oriundas de Caxias, Primeira Cruz e de outras cidades que nada tem a ver com Paço mandando e desmandando na administração, sem que estes também detivessem algum conhecimento do que é gestão pública.

Há quem não engoliu, ainda, a volta do “Futi”. Um destes é o pretenso pré-candidato a prefeito de Caxias, Adelmo Soares. Padrinho de Pindoba, Soares já dava como certa sua vitória em Caxias, tendo como esteio a prefeitura de Paço. Outro é o sobrinho de Adelmo, Anderson Soares, adjunto de Planejamento, “operando nas sombras”, tudo com o aval do tio. No status no app de mensagens era fly now, em tradução livre, voar agora… Que voe, pra bem longe de Paço do Lumiar.

Quem também ainda não sintetizou a informação da volta de Dutra ao comando de Paço foi o pupilo de Adelmo Soares, Jameson Malheiros. Tido como o “prefeito de fato” da gestão interina de Pindoba, o jovial rapagote deve voltar a plantar macaxeira na sua terra natal.

Entre choros e lágrimas, é bom arrumarem a mala e chisparem da Vila do Lume.

Simples assim.

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog