Política

ICATU – Dunga e mais 2 são processados por enriquecimento ilícito e improbidade administrativa

6 de fevereiro de 2020


O prefeito de Icatu, José Ribamar Moreira Gonçalves, o Dunga, Ivanilde Rego (secretária de educação) e Liliane de Jesus Viana Sá (Pregoira) estão sendo processados por enriquecimento ilícito e atos de improbidade administrativa.

A ação partiu Procuradoria do Ministério Público do Estado do Maranhão.

O enriquecimento ilícito é a transferência de bens, valores ou direitos, de uma pessoa para outra, quando não é caracterizada uma causa jurídica adequada.

Já a improbidade administrativa é o ato ilegal ou contrário aos princípios básicos da Administração Pública no Brasil, cometido por agente público, durante o exercício de função pública ou decorrente desta.

A última movimentação do processo aconteceu no dia 03 deste mês, o que por si só já deixa em alerta o eleitor icatuense num período pré-eleitoral, uma vez que Dunga estaria usando toda a estrutura da prefeitura para favorecer seu pré-candidato e advogado pessoal, Dr. Glausson.

Veja:


Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog