Política

Avenida Beira Mar é novamente bloqueada por moradores da Vila Nestor II

14 de setembro de 2015

O protesto ocorre contra a reintegração de posse da área em Paço do Lumiar. No final da manhã os protestantes foram dispersados pelo o Batalhão de Choque da Polícia Militar

PROTESTO

Da Redação

Foto: Honório Moreira / O Imparcial.

Honório Moreira / O Imparcial

O Batalhão de Choque da Polícia Militar usou bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes e a via foi liberada

Moradores da Vila Nestor II voltaram a interditar a Avenida Beira Mar em São Luís na manhã desta segunda-feira.

Os manifestantes protestam contra a reintegração de posse da área onde moram no município de Paço do Lumiar.
O trânsito ficou interditado em direção ao Centro. O bloqueio causou engarrafamento na Ponte do São Francisco.
Por volta das 11h30, o Batalhão de Choque da Polícia Militar usou bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes e a via foi liberada.
Nestor, líder dos manifestantes, ausentou-se do local, pois seria preso pelas autoridades policiais presentes.
A equipe de O Imparcial entrou em contato com Nestor, que informou que há dez pessoas hospitalizadas e que ele ainda se encontra nas proximidades onde aconteceu a ação. De acordo com o líder, o protesto continuará após a chegada de mais manifestantes que totalizarão 2.300 pessoas.
Histórico de protestos
Em menos de 45 dias, moradores da Vila Nestor II já interditaram quatro vezes a Avenida Beira Mar na capital. A interdição desta segunda-feira no Centro de São Luís foi a quarta manifestação.
A série de manifestações ocorre porque a Justiça expediu o mandato de desapropriação da área onde os protestantes moram em Paço do Lumiar, a denominada Vila Nestor II. Segundo os moradores várias reuniões foram realizadas na tentativa de uma negociação, mas as partes não chegaram ao acordo.
Os protestos iniciaram no dia 6 de agosto e continuaram no dia 7, onde eles se reunirão próximo ao Coreto da Praia Grande. No início da manifestação as vias não foram obstruídas, no entanto, durante o protesto, eles interditaram a Avenida Beira Mar, impedindo a passagem de veículos. A Polícia Militar esteve no local para evitar maiores transtornos.
Eles reivindicavam que o Governo do Estado regularizasse um terreno localizado na cidade de Paço do Lumiar e que foi invadido por centenas de famílias. Meses antes, duas pessoas acionaram na Justiça a desapropriação das terras.
No dia 2 de setembro, os moradores voltaram a realizar protestos na Avenida Beira Mar, que foi novamente fechada pelos manifestantes. Desta vez, a manifestação se concentrou na Praça Maria Aragão e partiu em direção à rotatória da Beira Mar.
Até o momento, as reivindicações dos moradores não foram atendidas apesar de varias reuniões já realizadas com mediação da Defensoria Pública do Estado do Maranhão. Durante o protesto anterior, representantes do Governo do Estado receberam os manifestantes para realizar cadastro das famílias assentadas. Eles disseram que os protestos continuarão até terem uma resposta positiva.
 Galeria de fotos – Crédito: Honório Moreira/O Imparcial

Fonte: O Imparcial

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog