Esporte

Enterrado corpo de PM vítima de chacina em Panaquatira

25 de Maio de 2015
Corpo de PM é enterrado na manhã desta segunda-feira (25) (Foto: Foto: Joyce Mackay/G1)Corpo de PM é enterrado na manhã desta segunda-feira (25) (Foto: Foto: Joyce Mackay/G1)

O corpo do policial militar Max Muller Rodrigues de Carvalho, que morreu após reagir a um assalto em uma casa de praia em Panaquatira, orla de São José de Ribamar, na região metropolitana de São Luís, foi enterrado na manhã desta segunda-feira (25), no Cemitério Jardim da Paz, em São José de Ribamar, Região Metropolitana de São Luís.

Na manhã desta segunda, o comandante Aritanã Lisboa, comandante do 6º Batalhão da PM, falou, em entrevista ao Bom Dia Mirante, sobre as investigações do caso. “A polícia começou investigações preeliminares para tentar encontrar os autores desse delito. Ao analisar a cena do crime, os fatos como aconteceram, nós entendemos que não foi nada direcionado ao policial. Ali é um local onde um pessoal conhecido como ‘piratas de Panaquatira’, um bando entre 10 e 20 pessoas, atuam para assaltar as pessoas que usam aquela área para o lazer. A polícia não vai parar e vamos continuar investigando o caso”, disse.

Prisão de suspeito
A Polícia Militar prendeu no final da tarde deste domingo (24) um adolescente de 17 anos suspeito de participar do assalto que ocorreu Panaquatira, em São José de Ribamar, no fim da noite deste sábado (23) e terminou com a morte de três pessoas, entre elas um soldado do 6º Batalhão da Policia Militar identificado como Max Muller Rodrigues de Carvalho.

O adolescente estaria no velório de um dos assaltantes mortos no conflito quando foi encontrado pela polícia. O jovem confessou a participação no crime e entregou à polícia o nome dos outros quatros criminosos que também estavam na ação. Um deles seria o ex-presidiário acusado tráfico de drogas, Geandro da Silva Santos.

Entenda
Cinco pessoas morreram e três ficaram feridas durante um assalto realizado, no fim da noite de sábado (23), a uma casa no residencial Ponta Verde em Panaquatira, orla do município de São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), um soldado do 6º Batalhão da Policia Militar identificado como Max Muller Rodrigues de Carvalho está entre as vítimas fatais.

Ainda de acordo com a SSP, seis homens armados cercaram e invadiram a casa de praia. O policial reagiu ao assalto e conseguiu balear um dos criminosos que morreu no local. Max também foi alvejado e morto por outro suspeito. Ele estava de folga aproveitando o fim de semana com familiares e amigos.

Nesse momento, um dos assaltantes identificado como Nal de Panaquatira se descontrolou ao ver o comparsa morto e começou a atirar contra as pessoas que participavam da festa, diz polícia. Cinco pessoas foram alvejadas, inclusive o irmão do PM, Eric Rodrigues de Carvalho, que estava no local. Na sequencia os bandidos fugiram levando a pistola .40 do polical assassinado. Com a morte de Max sobe para quatro o número de policiais mortos em São Luís neste ano.

 

G1 MA

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog