The show must go on (ou: o show não pode parar)

Avatar

Nosso blog completa, dia 29 de Novembro deste ano, 10 anos de jornalismo. Sempre procuramos pautar nosso informativo eletrônico com notícias sérias, observando as regras pétreas do bom jornalismo.

Na política, pautamo-nos pelo concreto, sempre baseado em fontes a quem de forma carinhosa chamamos de “Informantes bem posicionados”. Até mesmo na “Coluna Ping Fogo” – que tem o intuito de divertir e foi reativada a pedidos de muitos leitores do Blog -, dá um tom humorístico e “joga água” para acalmar os mais exaltados. Procuramos tratar do lado engraçado do dia-a-dia da política. Porém, sem abrir mão das regras jornalísticas.

Como resposta positiva temos o alto índice de acessos, likes, compartilhamentos dos nossos assíduos leitores e a procura daqueles que querem o bem, uma sociedade melhor. Do outro lado, como resposta negativa, vinda daqueles “ofendidos” pela verdade, ou dos “pseudo-democratas” ou, ainda, como diz o ex-Ministro Ciro Gomes (PDT), os “moralistas de goela”, recebemos pedidos de direito de respostas, “ordens de retiradas” (muitas vindas de Advogados apaixonados pelos seus “clientes”) e processos judiciais com os mais absurdos fundamentos…

Não nos furtaremos a responder a todos. Afinal, assim como bônus, nossa função/missão tem também o ônus. É mister que esses que se colocam como “vítimas” diante daqueles a quem buscam sustentação para chegar ou manter-se no poder (leia-se: voto), não façam como regra o pensamento de Josemar Bosi que, certa vez, disse:

“Se a notícia publicada, nada tem a ver comigo, é ‘liberdade de imprensa’, mas se tiver, é ‘invasão de privacidade’.”

Para o editor do Blog do Neto Cruz resta a máxima do grande Miral Pereira dos Santos:

“Eficiência do poder público, transparência e liberdade de imprensa – especialmente de imprensa – são remédios para a construção de sociedades prósperas e de elevados padrões éticos.”

E é com ela que vamos continuar por mais anos e anos de bom jornalismo, doa a quem doer…

The Show Must Go On!

 

Comentários

Comentários