PRESIDENTE JUSCELINO - Magno Teixeira transforma município em terra sem lei - Neto Cruz

PRESIDENTE JUSCELINO – Magno Teixeira transforma município em terra sem lei

Avatar

Em menos de 1 mês, a pacata Presidente Juscelino viu sua rotina de tranquilidade ser alterada por 3 mortes, por motivos que até agora deixam perplexos os moradores.

Na madrugada deste dia 13, o alegre e enigmático Ralto, conhecido em todo o município, teve sua vida ceifada por dois homens numa moto, mas ainda não identificados, conforme apurou o Blog.

Não será levantado aqui os motivos e nem será feito juízo de valor, mas perguntar como vem se comportando o chefe do executivo, Magno Teixeira, que vem transformando a cidade numa terra sem lei, literalmente. A ausência da autoridade policial no município tem gerado o sentimento de impunidade.

Segundo informantes bem posicionados do Blog, a viatura que foi e ainda é ostentada pelo grupo Magno Teixeira como “grande obra estruturante” da sua gestão simplesmente, sumiu. A mesma estaria “no prego”, como se diz no popularesco, por conta de uma peça de 800 reais. Muito mais Magno e sua trupe gastam em diárias, farra que será explanada pelo Blog em momento oportuno.

Vale frisar que isso tem, no mínimo, 4 meses. Ou seja, Presidente Juscelino está sem aparato policial para defesa da população.

Soma-se a isso, segundo informantes, a “agilidade” e “presteza” de alguns soldados da PM que insistem em fazer vistas grossas quando algum sinistro acontece na cidade. “O que muitos deses policiais gostam de fazer é tomar moto de pai de família”, dispara um leitor do Blog em contato com o titular.

A delegacia de Presidente Juscelino estaria servindo só de “fachada”, sem função.

A letargia da PM e demais autoridades no município tem deixado em polvorosa quem viu uma Presidente Juscelino pacata, tranquila e sem fatos deste tipo. “É como se estivéssemos numa terra sem lei. Estamos com medo até de sair de casa”, navalha uma moradora.

Resta saber quantos precisarão morrer ainda para que o inoperante e ignóbil Magno Teixeira tome uma atitude ou se o mesmo ainda vai preferir ficar desfilando de toalha em casa, recebendo visitas e fazendo de conta que nada acontece…

A Ralto, meu muito obrigado por todos os momentos de descontração e alegria que me proporcionou…