EM 1ª MÃO – Braide deve se filiar ao PR de Josimar Maranhãozinho

Tempo de leitura: 2 minutos

Os dois deputados federais mais votados do MA

O deputado estadual eleito pra federal Eduardo Braide (PMN) deve, num futuro não muito distante, se filiar ao PR, que tem como presidente estadual o deputado federal eleito Josimar Maranhãozinho. A legenda de Braide não conseguiu atingir a chamada cláusula de barreira.

14 partidos devem cair na cláusula de barreira e ficar sem fundo partidário e tempo de TV
Segundo a Agência Câmara, Rede, Patriota, PHS, DC, PCdoB, PCB, PCO, PMB, PMN, PPL, PRP, PRTB, PSTU e PTC deverão ser impactados pela medida, aplicada pela 1ª vez a partir desta eleição.

Eduardo teve uma expressiva votação, o que ainda garantiu a eleição de Gildenemyr. Mesmo com o bom desempenho, a situação do PMN não tem reversão. A legenda conseguiu eleger apenas 3 deputados federais em todo o país.

Informante bem posicionado do Blog garantiu que já está sendo costurada a filiação de Braide no PR e a aliança com o Moral da BR vai render bons frutos pra 2020, quando acontecerão as eleições municipais e Braide desponta como um dos favoritos para o Palácio de La Ravardière.

LEIA MAIS

Também conhecida como cláusula de exclusão ou cláusula de desempenho, é uma norma que impede ou restringe o funcionamento parlamentar ao partido que não alcançar determinado percentual de votos. O dispositivo foi aprovado pelo Congresso em 1995 para ter validade nas eleições de 2006, mas foi considerado inconstitucional pela unanimidade dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), sob o argumento de que prejudicaria os pequenos partidos. A regra determinava que os partidos com menos de 5% dos votos nacionais não teriam direito a representação partidária e não poderiam indicar titulares para as comissões, incluindo CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito). Também não teriam direito à liderança ou cargos na Mesa Diretora. Além dessas restrições, perderiam recursos do fundo partidário e ficariam com tempo restrito de propaganda eleitoral em rede nacional de rádio e de TV.

Comentários

Comentários