VEREADOR DIRIGINDO BÊBADO – Presença de Marinho desmoraliza Câmara Municipal de Paço do Lumiar

Tempo de leitura: 1 minuto

Um chopp, pra distrair…

O vereador Arquimário Reis Guimarães, conhecido pela alcunha de Marinho do Paço, se envolveu em mais um escândalo na noite de ontem, 1º de maio, Dia do Trabalhador. Completamente alcoolizado, Marinho desacatou PM’s e foi levado para e delegacia do Maiobão. Lá, foi constatado que no seu sangue circulava 1.08 MG/L na prova e 0.89 MG/L na contra prova de álcool.

LEIA MAIS

Vereador que foi escorraçado por moradora “sonha” com vice-prefeitura de Paço do Lumiar

Estão mantidos, na resolução, os limites estabelecidos na lei que definem quando o motorista embriagado incorre em crime de trânsito. A tolerância continua de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar ou de 6 decigramas por litro de sangue.

Ou seja, Marinho estava dirigindo embriagado. “Contra fatos não há argumentos”.

Resta agora aos vereadores que compõem a Casa de Leis de Paço do Lumiar agora, colocar em pauta, a possível cassação de Marinho do Paço por quebra de decoro parlamentar. Podem ocorrer duas situações. A 1ª é dos mesmos usarem do corporativismo e colocarem panos quentes na referida situação, mostrando assim que não estão a serviço do povo, mas de si próprios.

LEIA MAIS

Marinho do Paço vota pelo aumento da taxa de iluminação; esposa foi presa por “gato”

 

A 2ª é executarem o que determina o Regimento Interno da Casa e solicitar em caráter de urgência uma votação para decidir de Marinho ainda é digno de ser vereador e representar a sociedade luminense.

Aguardemos o desenrolar dos fatos…

 

Comentários

Comentários