Wellington do Curso luta pelos direitos dos professores

Tempo de leitura: 1 minuto

“Os professores do Maranhão não estão sozinhos”, diz deputado Wellington ao defender direitos da categoria no “Processo de Descompressao”

Valorização do magistério e cumprimento de direitos. Foram esses os pontos que nortearam audiência pública, presidida pelo professor e deputado estadual Wellington do Curso. A audiência, que teve por objetivo discutir sobre o processo de descompressão salarial dos mais de 40 mil professores do Maranhão, aconteceu na OAB/MA e contou com a presença de vários educadores, de advogados, a exemplo de Henrique Teixeira e membros da OAB.

“Está aqui o meu contracheque. Essa é a prova da mentira do Governador, que faz essa propaganda e diz que o maior salário é o do professor do Maranhão. Mentira! Isso é brincar com a nossa cara e desrespeitar nossos direitos”, desabafou Socorro, professora da Rede Pública.

Após ouvir os encaminhamentos, o deputado estadual Wellington comprometeu-se em continuar ao lado e na defesa de cada professor do Maranhão.

“Quando a gente tem esse contato direto com os professores, a gente percebe a insatisfação e a decepção de cada professor para com Flávio Dino. É um Governo que desrespeita o professor e, diariamente, mente ou manipula os fatos. Enquanto educador, não poderíamos nos omitir diante dessas manobras do governador Flávio Dino para retirar mais esse direito da categoria que já é tão sofrida. O processo já transitou em julgado desde 2011, e sete anos depois, o Governo alega que Ministério Público não foi intimado. Ocorre que, por duas vezes o MPE declinou de intervir na causa alegando ausência de interesse público. Os professores do Maranhão não estão sozinhos e é por essa razão que, respeitando os limites da competência do Legislativo, continuarei firme em defesa dos direitos de cada educador”, afirmou Wellington.

Comentários

Comentários