CRC-MA: “São quase R$ 15 mi que o conselho tem a receber dos contadores e organizações contábeis”, revela presidente

Tempo de leitura: 1 minuto

João Conrado de Amorim Carvalho, Presidente

Contadores, boa tarde. As informações a seguir estão todas (ou já estiveram) no portal da transparência. Somos 7.190 profissionais ativos, dos quais 2.668 estão inadimplentes (37,1%), e 583 organizações contábeis, 64 delas inadimplentes (10,97%). Se todos pagassem a sua anuidade, a receita seria de aproximadamente R$ 4,0 milhões. No entanto, olhando o passado recente, em 2015 a arrecadação foi de R$ 2,822 milhões ; em 2016 de R$ 3.086 milhões (inadimplência de 44,57%) e em 2017 de R$ 3,559 milhões (inadimplência de 38,86%). Em 2016, foram enviadas a protesto as anuidades correspondentes a R$ 205 mil e em 2017 mais de R$ 900 mil. Todos os valores vencidos e não pagos sempre foram inscritos na dívida ativa e sempre com notificação prévia. Hoje, temos um volume total vencido de anuidades a receber de períodos anteriores R$ 11.856.541,19 que se somam a multas de eleição de R$ 645.232,97 e mais infrações de R$ 778.347,90. Esses números vencidos somados aos valores que ainda faltam ser pagos de anuidades deste exercício totalizam R$ 14.953.932,32. São, portanto, quase quinze milhões de reais que o CRC MA tem a receber dos contadores e organizações contábeis, valor suficiente para realizar inúmeros treinamentos e prestar outros tipos de benefícios aos contadores.

João Conrado, Presidente do CRC-MA

Comentários

Comentários