GAME OVER! Cabo Campos caminha para a derrota nas urnas

Tempo de leitura: 5 minutos

A deputada estadual Valéria Macedo (PDT), procuradora da Mulher da Assembleia Legislativa do Maranhão, confirmou ao ATUAL7 sobre a existência de um processo criminal no Tribunal de Justiça contra o deputado Cabo Campos (DEM), por agressão doméstica. Segundo a parlamentar, o caso está sendo acompanhado pela Procuradoria da Mulher.

“Infelizmente os fatos divulgados pela mídia ocorreram contra uma mulher. A Procuradoria da Mulher na AL está acompanhando a questão de perto. Já há providências concretas. O caso já se encontra no TJMA inclusive com medidas protetivas concedidas contra o agressor deputado estadual Cabo Campos”, declarou.

Segundo a procuradora da Mulher, em razão do deputado ter foro, o caso está sendo encaminhado no Judiciário estadual pela Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ). Ela avalia a possibilidade abertura de processo no Conselho de Ética da Assembleia contra o parlamentar do DEM.

“A questão da persecução criminal, portanto, está encaminhada junto a Procuradoria de Justiça e o TJMA porque o agressor tem foro por prerrogativa de função. Falta avaliar a questão de eventual processo disciplinar na Comissão de Ética na AL pela ação do agressor, que deixa a sociedade perplexa”, pontuou.

A agressão de Cabo Campos à própria esposa foi revelada na semana passada, pelo blogueiro Stênio Johnny.

Procurado pelo ATUAL7, na sexta-feira 23, Cambos encaminhou um vídeo em que aparece sozinho e evita responder diretamente sobre a acusação de agressão, mas se diz vítima de ataques devido ao ano eleitoral.

“Eu vim aqui falar das noticias caluniosas, maldosas e inverídicas ao meu respeito. Primeiro tentaram atacar a minha filha, depois tentaram atacar a minha irmã, e agora essa noticia caluniosa que realmente está doendo no meu coração. (…) Eu quero pedir pra vocês, oração, orem por mim e por minha família que no momento oportuno tudo isso estará esclarecido”, disse.

Novamente questionado a respeito da agressão e sobre a ausência da mulher no vídeo, Cabo Campos afirmou que a denúncia era inverídica e que uma nova gravação, com a esposa, já estava sendo providenciada.

Com a confirmação da procuradora da Mulher na AL-MA, de que realmente houve a agressão doméstica, o ATUAL7 voltou a entrar em contato com o parlamentar e aguarda um novo posicionamento a respeito do assunto.

LEIA MAIS

EXCLUSIVO! DEPUTADO ESPANCA A ESPOSA E REPONDE PROCESSO EM SEGREDO DE JUSTIÇA

                        Resultado de imagem para FOTOS DO DEPUTADO cabo CAMPOS
                              Deputado Cabo Campos/Quem ver cara não ver coração
O Departamento de Jornalismo SJNOTÍCIASMA, recebeu nas primeiras horas da tarde desta sexta-feira(23), denúncia dando conta que o deputado da base governista Cabo Campos, espancou a sua esposa deixando nela várias marcas e hematomas.
Segundo a denunciante o parlamentar em um momento de desiquilíbrio mental e espiritual, partiu pra cima da sua mulher agredindo-a com palavras, socos e pontapés deixando-a debilitada e estarrecida diante da atitude do marido agressor, que ainda teria feito a ela ameaças veladas caso ela procurasse a polícia para dar queixa.
A informante que é uma amiga da esposa do deputado, que não quis que seu nome fosse divulgado. Falou em off a nossa reportagem que o fato aconteceu na semana passada, que após à agressão mesmo sob pressão e ameaças do deputado agressor, sem que ele soubesse, procurou a Delegacia Especial da Mulher, onde foram realizados os procedimentos cabíveis por aquela especializada.
Após a lavratura do TCO,  a vítima teria ido ao IML, para realizar exames de Corpo Delito, os golpes foram tão violentos que a mulher de Campos teve que usar colete cervical. Medidas protetivas foram tomadas para defender a integridade física da vítima, que temia represália do marido agressor.
Ainda segundo a denuncia, a advogada da vítima pediu  a justiça  que expedisse mandato de apreensão da arma do deputado, é que por conta da denúncia formulada, a esposa de Campos estava com medo de ser assassinada por ele. Depois de ser realizado todo o precedimento na Delegacia da Mulher, o inquérito foi enviado a justiça, para que sejam tomadas a providencias judiciais sobre o crime
A denunciante e amiga da esposa do deputado Cabo Campos, falou a nossa reportagem, que resolveu denunciar pela gravidade da agressão e por achar que ele como homem defensor da moralidade , das mulheres, da família brasileira. Por ser evangélico e político representante legal do povo maranhense, deveria  dar bons exemplos a sociedade e não agir da forma como ele  agiu: Com crueldade, covardia, falta de humanidade, falta de amor a esposa e desrespeito a pessoa da mulher como ser humano na sociedade em que vivemos.

Resultado de imagem para fotos diga não a violência contra a mulher
Delegada Kazumi Tanaka fala sobre as medidas para diminuir estes tipos de crimes. Foto: Handson Chagas/Secap

 
A Lei Maria Maria da Penha deve ser aplicada a todos os homens que praticarem atos de violência contra as mulheres! O Fato dele ser deputado, não lhe dar o direito de agredir covardemente a esposa da forma como ele agrediu.
 
“Esperamos que a justiça possa julgar procedente a denúncia e condena-lo”. Disse a amiga da esposa de Cabo Campos
A última informação que tivemos sobre o caso, é que o processo tramita sob segredo de justiça e se encontra sob análise do desembargador Jaime Ferreira de Araújo.
Para proteger a integridade física e moral da vítima e em respeito a determinação judicial em que o processo corre em segredo de justiça, não divulgaremos fotos nem o nome da esposa do deputado agressor.
Tentamos entrar em contato com o deputado Cabo Campos e a advogada da sua esposa, mas não conseguimos.

Fonte: Atual7http://sjnoticiasma.blogspot.com.br/

 

Comentários

Comentários