Enem 2016: resultado com as notas individuais é liberado

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Site apresentou instabilidades e Inep culpou ‘ataques’. Governo divulgou ainda datas de abertura do Sisu, Prouni e Fies; veja lista completa.

Inep disponibilizou as notas no site  (Foto: Reprodução)Inep disponibilizou as notas no site  (Foto: Reprodução)

Inep disponibilizou as notas no site (Foto: Reprodução)

As notas com os resultados individuais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 foram divulgadas nesta quarta-feira (18). Para ter acesso, o estudante precisa digitar CPF e senha no site http://enem.inep.gov.br/participante. O resultado também pode ser conferido pelo aplicativo oficial do Enem.

Logo após a divulgação, a página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apresentou instabilidade. No Twitter, usuários afirmavam que não conseguiam verificar as notas.

Por volta das 12h, a presidente do Inep, Maria Inês Fini, confirmou o problema durante entrevista coletiva de imprensa em Brasília. “A consulta está à disposição embora nosso site esteja sofrendo inúmeros ataques de pessoas que torcem contra a educação brasileira”, disse Maria Inês Fini.

A presidente do Inep não deu detalhes de como ocorreram ou quem seriam os responsáveis pelos atos contra o site. “Estamos reagindo a esses ataques, tentando recuperar e colocar novamente no ar”, afirmou Maria Inês.

Segundo o site “Is it down right now”, que acompanha a estabilidade de serviços conectados, a página enem.inpe.gov.br chegou a ficar fora do ar para todo mundo. O problema no acesso começou por volta das 11h30.

Ver imagem no Twitter

Ver imagem no Twitter

Os candidatos podem conferir as notas de cada uma das quatro provas – ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática – e da redação. Para fazer a consulta, o participante deve fazer login no site do Enem com dados pessoais e senha. Quem perdeu o código pode resgatá-lo no botão ‘esqueci minha senha.’

Usos das notas do Enem

As notas do Enem podem ser usadas para disputar vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificado (Sisu). As datas de inscrições para a edição do primeiro semestre de 2017 foram divulgadas nesta quarta (veja abaixo). Estudantes que fizeram qualquer uma das três edições do Enem realizadas em 2016 poderão concorrer a vagas pelo sistema.

SISU
Inscrições: 24 a 27 de janeiro

PROUNI
Inscrições: 30 de janeiro a 2 de fevereiro

FIES
Inscrições: 6 a 9 de fevereiro

O Programa Universidade para Todos (Prouni) oferece bolsas de estudo na rede privada, a partir do desempenho no Enem e da situação socioeconômica do candidato. Com a nota do Enem, também é possível participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Candidatos com mais de 18 anos podem ainda usar o Enem para receber a certificação do ensino médio.

Caderno de prova do Enem 2016 (Foto: )Caderno de prova do Enem 2016 (Foto: )

Caderno de prova do Enem 2016 (Foto: )

Mudanças no Enem 2017

Nesta quarta também foi aberta a consulta pública que vai reunir sugestões de mudanças no Enem. As contribuições podem ser enviadas em um formulário disponível no link http://www.inep.gov.br/. A consulta pública está aberta até 10 de fevereiro.

O MEC estuda maneiras de economizar na realização do próximo exame. Entre as decisões já tomadas está eliminar uma das funções do Enem: a certificação de conclusão do ensino médio.

A partir deste ano, pessoas maiores de 18 anos que não terminaram o ensino médio na idade regular deverão fazer o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

O Inep afirmou ao G1 que ainda não há informações sobre por quanto tempo a consulta ficará no ar, mas que uma portaria definindo as regras da consulta pública será divulgada nos próximos dias no “Diário Oficial da União”.

Comentários

Comentários