ESPAÇO DA NUTRIÇÃO – O poder dos alimentos no amor

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

0136ca1c-517e-4425-8603-ce9b641bb9e6

Contatos: (98)  98473-7097

 

Alguns alimentos como:Salmão, chocolate, suco de uva, nozes, fazem bem à saúde e ao relacionamento. Isso porque ingredientes que parecem inocentes à primeira vista podem provocar uma ação poderosa no organismo, contribuindo para o aumento do desejo e das sensa- ções de prazer, devido ao crescimento do fluxo sanguíneo nas regiões sexuais.  Uma dieta equilibrada significa cuidar, também, da saúde sexual. “Uma boa alimentação controla o peso e a saúde, o que proporciona bem-estar. E isso fará a libido ficar em ordem. O bom efeito desses alimentos está diretamente ligado à alimentação saudável e à atividade física regular”. Famosos por atiçar o apetite sexual, os alimentos afrodisíacos estão sendo alvo de estudos e pesquisas. Eles são capazes de despertar inúmeras sensações tanto no público feminino quanto no masculino. Sentidos – Deixando os sentidos mais apurados e quebrando a rotina proposta por pratos convencionais, as comidas afrodisíacas combinam aromas e sabores para conseguir atingir o seu objetivo. O uso de especiarias, como a pimenta, costuma auxiliar nesse sentido. O consumo dos alimentos afrodisíacos não deve ser feito apenas antes das relações sexuais. “É preciso ter uma dieta equilibrada todos os dias para que se tenha um efeito no organismo”.

O caso da arginina, um aminoácido encontrado nos laticínios, na carne e no chocolate, que tem a função de liberar um neurotransmissor: o óxido nítrico, um estimulante. As ostras possuem zinco em grande quantidade, o que facilita a fabricação de testosterona nos homens e nas mulheres. O álcool pertence a esse grupo porque dilata os vasos sangüíneos, fazendo com que o sangue aflua aos genitais, além de ter a função de desinibir, relaxar e alegrar. Mas, em excesso, a bebida alcoólica pode ter efeito contrário. A vitamina B3 encontrada em peixes, aspargos e amendoins também têm a capacidade de dilatar os vasos sanguíneos.

A ação dos alimentos não acontece sozinha: “É uma junção. Não adianta dizer que come alimentos afrodisíacos e não acontece nada. É necessário um ambiente todo pre p a r a d o para isso. Tem de haver clima”.

 

 

 

Comentários

Comentários