Secretário Jhonatan Almada participa em Brasília de discussão sobre o Marco Legal de CT& I e Marco Civil da Internet

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

 

O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Jhonatan Almada, participou nesta terça-feira (08), em Brasília, da abertura do Fórum da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). O evento, realizado em parceria com o Conselho Nacional dos Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), reuni governo, pesquisadores e especialistas para discutir o Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação e o Marco Civil da Internet.

Entre os objetivos do fórum, que se estende até sexta-feira, 10, está discutir a importância da ciência e tecnologia e inovação para o desenvolvimento do país, destacando o debate sobre o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e as experiências de colaboração entre RNP e estados, segundo informou Jhonatan Almada.

“O fórum também visa chamar a atenção de todos os atores públicos e privados para a relevância de se trabalhar em rede, para que as instituições tenham cada vez mais um trabalho compartilhado e colaborativo no sentido de se fortalecerem e cumprirem com suas missões”, acrescentou o secretário. Dentro da proposta de parceria foi assinado durante o evento convênio de cooperação cientifica entre o Consecti e a Coreia do Sul.

Sobre a RNP
A RNP é uma organização social vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação que atua para a promoção do desenvolvimento tecnológico e do setor de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs).

A abertura do fórum contou com as participações do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, ministros, entre eles o da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, além dos presidentes da Finep, Marcos Cintra Cavalcanti de Albuquerque, do Consecti, Francilene Garcia e do Confap, Sergio Luiz Gargioni.

Comentários

Comentários