CAXIAS – Léo Coutinho envolvido em suposta compra de votos

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Em Caxias um episódio de compra de votos envolvendo alunos do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), por candidato da coligação “A mudança Continua”, que tem como majoritário o candidato Léo Coutinho, parece estar dando “pano pras mangas”. Em imagens que encontram-se com o ministério Público Federal, uma cabo eleitoral chamada Odete Gonçalves, pede explicitamente votos para a candidata  a vereadora Aureamélia Soares e para o candidato Léo Coutinho.

A empresária promoveu uma verdadeira “festa de arromba” em sua residência para atrair jovens eleitores, muitos menores de idade e estudantes do IFMA. Durante a festa que foi promovida para realização de uma reunião política para a candidata Aureamélia Soares, muita cerveja, uisk, churrasco, lanches e até cachaça e, ainda vale transportes por uma semana foram oferecidos aos jovens. Outro que participou desse aliciamento de eleitores, foi o secretário de esporte Anderson Soares, do governo Léo Coutinho.

pedido-de-investigacao
Em discurso, todos pedem votos para a candidata Aureamélia Soares e também para o candidato Léo Coutinho. Com base nas imagens, fotos, escutas telefônicas e depoimentos já obtidos pelo ministério público federal, a coligação “Caxias é do Povo”, entrou com pedido de investigação também contra o candidato a prefeito Léo Coutinho que tentou de todas as formas sair de fininho desse episódio, chegando até a entrar na justiça pedindo a retirada da internet das imagens onde mostram claramente os cabos eleitorais e até seu secretário, pede voto para o candidato a prefeito, parece estar se envolvendo em um dos maiores escândalos de compra de votos do Maranhão.

Alunos de um instituto federal foram aliciados, pedidos explícitos de votos para os candidatos foram feitos no rega bofe, o secretário de esportes do governo Léo Coutinho estava presente e ainda em discurso pede votos para o candidato. A lei é bem clara, oferecer qualquer vantagem a eleitores em troca de apoio ou votos, mesmo que por terceiros ligados ao candidato, é crime! Léo Coutinho será investigado pela justiça eleitoral. Com tantas evidências, será difícil explicar para a lei e ainda para a opinião pública o que fazia ali um secretário seu, em um evento onde eleitores e de menores foram aliciados com passes escolar, bebidas e comidas.

Outro rumor muito grande que circula em Caxias, seria um detalhe muito curioso que as investigações desse mesmo episódio chegaram, mas que parece que será revelado apenas nas últimas horas. Léo Coutinho programa seu último comício na sexta feira com a vinda do Governador a Caxias. Os olhos do estado todo estarão voltados para a cidade, parece que realmente vai dar pano pras mangas.

Blog Maranhão de Verdade

Comentários

Comentários