ELEIÇÕES 2016 – Wellington do Curso se torna o pesadelo de Edivaldo Holanda Jr.

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Resultado de imagem para mediaIbope também confirma Wellington 11 no segundo turno da eleição em São Luís

Pesquisa do Instituto Ibope contratada pela TV Mirante e divulgada na noite desta terça-feira (30) no JMTV segunda edição, confirmou, mais uma vez, que o candidato a prefeito Wellington 11 (PP), da coligação “Por Amor a São Luís”, estará no segundo turno da corrida eleitoral.

Wellington 11 ultrapassou a candidata Eliziane Gama (PPS) e obteve 20% das intenções de voto na pergunta estimulada, quando o nome do candidato é apresentado ao eleitor. Gama pontuou com 16%.

Considerando a margem de erro de três pontos percentuais para mais, em favor do candidato progressista, apenas seis dígitos separam Wellington 11 do atual prefeito e candidato à reeleição, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que obteve 29% e realiza uma campanha milionária, utilizando, inclusive, a máquina pública da prefeitura a seu favor.

Menos rejeitado – Wellington 11, segundo o resultado da pesquisa, é o que possui a menor rejeição entre os nove candidatos que disputam o cargo de prefeito da capital maranhense.

 Apenas 11% dos entrevistados disseram não votar no deputado estadual. Edivaldo apresenta a maior rejeição, com 37%, seguido por Eliziane Gama, com 27%.Vinte e dois por cento dos entrevistados classificaram a gestão Edivaldo Júnior como péssima e 45% como regular.

A pesquisa Ibope foi realizada entre os dias 25 e 30 de agosto e registrada na Justiça Eleitoral sob o número MA-08827/2016. Foram ouvidos 805 eleitores, para uma margem de erro de três pontos percentuais, para mais, ou para menos, e intervalo de confiança de 95%.

Prever – Na manhã desta terça-feira, pesquisa do Instituto Prever, contratada pelo Blog do Luis Cardoso e registrada no dia 24 de agosto, sob o protocolo MA-02350/2016, também apontou Wellington 11 à frente de Eliziane e disputando o segundo turno da eleição com o atual prefeito.

É importante destacar que na simulação de segundo turno apresentada pela Prever, a diferença entre Edivaldo e Wellington 11 é mínima. O primeiro aparece com 37,2% e o candidato progressista pontuou com 34% das intenções de voto.

Considerando a margem de erro de 3,1% para mais, em favor do progressista, Wellington e Edivaldo Holanda Júnior estão tecnicamente empatados.

Comentários

Comentários