Ex-prefeito de Imperatriz vem a óbito na manhã desta terça-feira (09)

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

EX PREFEITODo http://www.blogdakellyitz.com.br/
Imperatriz acaba de perder um dos seus ex-prefeitos. Faleceu nesta manhã o médico Carlos Gomes de Amorim, que dirigiu a cidade entre os anos de 1.977 a 1.982. Amorim também foi secretário de Saúde do Município no ano de 1.996, quando a cidade era liderada pelo então interventor Ildom Marques de Sousa.
Carlos Gomes de Amorim é natural de Alagoas. Migrou para a cidade na década de 70. Foi um dos pioneiros no exercício da medicina. O envolvimento com as causas da cidade o levaram á atividade política, tendo vencido a eleição para prefeito em 1.976.

 

Agregador, Carlos Amorim protagonizou uma gestão considerada exitosa. Deixou a vida pública com a imagem de gestor sério, que tratava adversários com generosidade. Em sua gestão fez o Calçadão, Feira do Bacuri, Feira de Nova Imperatriz, asfaltou o Centro da cidade e construiu muitas escolas.
Na gestão Amorim Imperatriz tinha um território enorme, incluindo os atuais Municípios de Açailândia, Itinga, Brejão, São Pedro da Água Branca, Vila Nova dos Martírios, Cidelândia, Davinópolis e Ribeirãozinho.
Foi o ex-prefeito Carlos Amorim quem lançou na política o jornalista Edisom Lobão. Em 1.978, a pedido do presidente Ernesto Geisel, bancou a eleição de Lobão a deputado federal. Lobão, como se sabe, posteriormente foi reeleito, tornou-se governador do Marnhão, senador e ministro de Estado.
Casado com Inês Amorim, deixa três filhos. Um deles é o advogado e deputado Carlos Antonio Lemos de Amorim, seu herdeiro político.

Comentários

Comentários

Comentários encerrados.