PAÇO DO LUMIAR: Semana da Agricultura e Pesca Familiar promove ações em várias comunidades

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Com ações descentralizadas pelo município, a Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento está realizando, em parceria com o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (COMSEA), e Embrapa Cocais, atividades voltadas para agricultores, pescadores e marisqueiro, no sentido de apresentar estratégias inovadoras para o incremento da produção e da renda.

 Pescadores e marisqueiras durante curso prático de filetagem
Pescadores e marisqueiras durante curso prático de filetagem

 

A programação faz parte do II Seminário de Agricultura e Pesca Familiar e I Semana de Agricultura e Pesca Familiar de Paço do Lumiar aberta na última segunda-feira, 03, e se estende até o dia 07 de novembro, com a posse da Comissão de Regularização Fundiária do município de Paço do Lumiar.

 

Em Mocajituba, Iguaíba, Pindoba e Timbuba aconteceram ações de distribuição de mudas de plantas ornamentais e hortaliças, panfletagem sobre alimentação saudável, serviços de aferição da pressão arterial, palestras educativas nas escolas, curso de compostagem do subproduto da fibra do coco, filetagem de pescado e produção de biofertilizante e mudas.

 

“Este é um momento importante para todos nós produtores. Atualmente, este é um dos setores que mais cresce no município e estamos muito felizes por participar das políticas públicas voltadas à manutenção, promoção e desenvolvimento da agricultura e pesca familiar”, disse a agricultura Maria da Conceição Ferreira, presidente do COMSEA.

 

 Agricultores do Iguaíba aprendem técnicas de produção de mudas e compostagem
Agricultores do Iguaíba aprendem técnicas de produção de mudas e compostagem

Durante mobilização social na MA 202, técnicos da SEMAPA, conselheiros de segurança alimentar e nutricionistas realizaram uma ação educativa sobre o valor nutricional das hortaliças, legumes, e de incentivo ao consumo de produtos orgânicos.

 

“O objetivo é conscientizar a população para uma alimentação saudável e apresentar os males oriundos de produtos cultivados à base de agrotóxicos e que passam por processo de industrialização. Uma boa reeducação alimentar, através do consumo de produtos naturais, prolonga a vida e previne de várias doenças”,  afirmou o coordenador da gestão Política Segurança Alimentar e Nutricional e Inclusão Produtiva, Raul Amate.

 

Técnicas Agrícolas – Durante o curso de compostagem, no Iguaíba, agricultores puderam acompanhar, na prática, a produção de mudas em viveiros e o sistema de cultivo de hortaliças protegido. As aulas aconteceram na área do projeto Hortas do Maranhão, e foram ministradas por engenheiros agrícolas da EMBRAPA COCAIS, instituição parceira do evento, no município.

 

Segundo a Agrônoma da SEMAPA, Tatiana Trovão, este é o momento de estreitar a relação entre técnicos agrônomos e agricultores. “Ainda existem muitos agricultores resistentes às novas tecnologias, e o Dia de Campo acontece com o objetivo de mostrar os benefícios e a forma correta de utilizá-las”, disse.

 

Rilton Cantanhede, agricultor da região do Iguaiba, é um exemplo dos bons resultados obtidos com o emprego de tecnologias desenvolvidas pela Embrapa e orientações da Secretaria Municipal de Agricultura. “Eu comecei a cultivar hortaliças sem nenhum preparo e me dei conta de que nada desenvolvia, a plantação morria, e os prejuízos eram grandes”, contou o agricultor que resolveu o problema com a ajuda de técnicos da SEMAPA, onde recebeu a orientação necessária e apoio de técnicas avançadas da preparação do solo à colheita da produção.

 

De acordo com a agrônoma da EMBRAPA, Rosa Lúcia, com o curso os agricultores poderão garantir o aumento da produção e da renda.

 

 

Comentários

Comentários