“O combate à extrema pobreza tem que ser prioridade de governo”, afirma Wellington do Curso.

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ontem (17) foi o dia internacional de erradicação da pobreza. Conhecendo e vivenciando a atual realidade do Maranhão, o deputado eleito pelo PPS, Wellington do Curso, manifestou seu posicionamento através de redes sociais sobre esta data que é bastante significativa para o Estado do Maranhão, já que somos o Estado com a maior proporção de miseráveis do país.

foto (1)
In loco >>> Wellington do Curso durante campanha pelo interior do MA.


Nos últimos anos, o Maranhão passou de 3° para 1° colocado no ranking nacional da pobreza e foi o único estado a manter esse índice nos 2 dígitos (12,9%), quase quatro vezes mais que a média nacional (3,5%), além de ter ainda o segundo mais baixo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do país, à frente somente de Alagoas, que é o lanterna.

“Esses dados são apenas mais uma constatação de que o Maranhão tem que ser mais efetivo no combate à pobreza e em políticas públicas capazes de reverter este quadro vergonhoso. Não há mais espaço para discurso e promessas. O combate à extrema pobreza tem que ser prioridade de governo”, afirmou Wellington do Curso.

Comentários

Comentários